A filosofia por trás do lobo no provérbio siciliano

Desde o começo do Império Romano e até mesmo antes, vindo dos povos que vieram a fundar a cidade de Roma, a figura do Lobo sempre esteve presente.

Mas o que significa está imagem? O que ela representa? Por que nós sicilianos em nosso provérbio dizemos que Leões e Tigres são fortes, mas lobos não trabalham em circos?

A imagem da Loba amamentando Rômulo e Remo significa que aquele povo era como uma alcateia, tanto que os princípios da Gravitas Romana são princípios de alcateia.

“Um lobo é um animal que simbolicamente representa várias coisas, como a coragem, a disciplina, a honra, a fidelidade (principalmente pela sua família/alcateia), o respeito pelos seus semelhantes, e tantos outros valores tradicionais que deveriam preencher o homem. O “cão” é o homem que se perdeu em seus valores e foi amansado. Ainda continua fiel, mas sua fidelidade é doentia e cega a ponto de esquecer quem realmente é, tendo assim seus valores derrubados por ordens superiores. O “cão” é a representação fiel ao homem pós-moderno, onde está acomodado em sua vida, come o que colocam no seu pote e só ladra para aquilo que ameaça desconstruir a realidade dele.” – Bruno Formagio

O lobo em si, é uma visão diplomática do que o homem deveria seguir em relação a seus princípios éticos. O que vemos hoje, temo que seja simplesmente uma imagem dos homens que tornaram-se “cães”.

Homens deixaram há muito tempo de ser lobos, atualmente são meros “cães” adestrados e manipulados. “Cães” que andam abanando o rabo para qualquer novidade que julguem interessante. Só saem de coleira no pescoço, guiados pelo “dono” para andar em círculos ao redor do quarteirão, sempre tentando marcar seu território ilusoriamente e comendo ração de “qualidade”, que não passa de sobras do banquete principal.

Você pode ser um lobo, um tigre, um leão. Mas o que você tem que aprender é viver para proteger sua família, seus princípios e não ser adestrado para se tornar um “cão” ou um “gatinho” meramente criado para entretenimento. Use a cabeça, tenha suas ideias, seja cordial, honesto e ande na sua “matilha/alcateia/bando”, onde todos devem proteger um ao outro. Se você conseguir essa façanha, estará vários passos à frente desse grande canil que se tornou o mundo.

Um lobo nunca abandona seu irmão, um lobo nunca aceita ser subjugado por um estranho e defende com a vida seus valores, um lobo é fiel aos seus, o lobo não se vende.

E você é um lobo? Ou é um cão que tem até seus valores, mas se acovarda muitas vezes? Ou você é um leão forte imponente, mas ao estalo de um chicote age como um gatinho?

Nós sicilianos somos lobos, lutamos por nossa alcateia, nunca nos curvamos por mais forte que seja o inimigo, calmamente nós o cercamos, nossa união retira nossa momentânea desvantagem, e logo nosso inimigo está no chão a ser dilacerado, e aquilo que era forte e amedrontador virou nosso alimento.

Davvero amici seja em qual situação da vida que você esteja passando, pode escrever o que digo, se não tiveres espirito de lobo, você será subjugado, e acabará no circo sendo entretenimento de fracassados.

Il Lupo è coraggio, lealtà, fedeltà, onore, vendetta e Omertà.
Cent’anni a tutti!

*Por: Luigi Pallazzolo

…………………………………………………………
*Fonte: cosanostranews

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.